sexta-feira, 7 de julho de 2017

GOVERNO ABRE MAIS 6 MIL VAGAS PARA REFORÇAR A SEGURANÇA NO RS




          Este será o maior concurso para a área da segurança pública convocado no Rio Grande do Sul nas últimas décadas. O anúncio foi feito pelo governador José Ivo Sartori, nesta terça-feira (4), com a presença de autoridades, no Salão Negrinho do Pastoreio do Palácio Piratini.
        Além da abertura de novo concurso, foi autorizado também o ingresso de mais 49 soldados militares e 75 bombeiros suplentes restantes do último concurso. Os novos integrantes da segurança pública do Estado devem começar o treinamento para assumir seus postos a partir desta terça.
     “O crime migra de um local para outro e vamos combatê-lo em todos os recantos do Rio Grande do Sul. A nossa obrigação é honrar nossos compromissos e com este reforço, vamos atender demandas de todas as regiões do estado”, afirmou Sartori. O governador disse que a autorização para o concurso deu-se a partir da abertura de margem financeira para investimentos em segurança pública e na aprovação de medidas estabelecidas em projetos aprovados pela Assembleia Legislativa, como o Projeto de Lei Complementar 243/16.
    As 6,1 mil vagas serão divididas entre 4,1 mil para soldados e 200 oficiais da Brigada Militar; 450 vagas para soldado e 50 para oficiais do Corpo de Bombeiros; e, mais 1,2 mil vagas para agentes e 100 para delegados da Polícia Civil. Outros dois concursos já estão em andamento com 826 vagas, das quais 720 para Susepe e 106 para o Instituto Geral de Perícias. Até o final de 2017, 4 mil novos servidores terão ingressado na área.
Segurança pública como prioridade
    O orçamento do governo do Estado para 2017 foi aprovado com aumento de custeio apenas para o segmento da segurança pública, com um incremento de 19%. Além disso, os reajustes salariais definidos no final de 2014, que hoje representam mais de 31% de aumento na remuneração de brigadianos, policiais civis e servidores da Susepe, estão sendo honrados.
   “Não podemos esquecer que já fizemos um esforço anterior à autorização do concurso desta terça-feira. Entregamos novas viaturas, armas, munições e conseguimos junto à União apoio da Força Nacional de Segurança. Recentemente destravamos a questão dos presídios e viabilizamos condições para alcançar quase mil novas vagas em Charqueadas, Viamão e Alegrete. Conseguimos também a autorização de obras nas penitenciárias de Bagé e Bento Gonçalves”, ressaltou Sartori.
     “Se alguém duvidou que a segurança era prioridade deste governo, este anúncio e todas as ações que já promovemos vão ao encontro da expectativa da população do estado para enfrentamento da criminalidade. Este é o resultado de um trabalho em equipe e do esforço de todos os integrantes de órgãos vinculados à área, que de forma extraordinária combatem o crime diariamente”, reiterou o secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer.

   Entre outras ações está a criação do Sistema Integrado de Segurança com os Municípios (SIM/RS) e foram construídas parcerias com o Exército brasileiro, Polícia Rodoviária Federal, além da iniciativa privada.

Texto: Letícia Bonato, com informações da Ascom SSP 
Edição: Léa Aragón/ Secom 

Foto: Rafael Silva/GCG