terça-feira, 20 de dezembro de 2016

USO DO CELULAR E DIREÇÃO: UMA COMBINAÇÃO PERIGOSA



       Você sabia que digitar, ler e falar ao celular enquanto dirige pode aumentar em até 400% as chances de acidentes? O dado vem de uma pesquisa realizada pelo Departamento de Trânsito e Segurança nas Estradas dos Estados Unidos (NHTSA), que identificou, também, que o motorista perde cerca de cinco segundos de atenção ao desviar seu olhar para ler a mensagem no aparelho (se estiver a 80 km/h terá percorrido um campo de futebol sem ver o que está acontecendo do lado de fora)..
      A dependência da conectividade e a distração com o celular é uma das principais causas de acidentes no trânsito, atualmente, em todo o país.
      Celular e direção são uma mistura tão perigosa quanto conduzir um veículo alcoolizado.
     No Brasil, um infrator que conversa ao celular (mesmo pelo fone ou viva-voz) pode ser multado em 130,16. Quem é flagrado manuseando o telefone celular enquanto está ao volante tem um peso ainda maior no bolso. A punição, que era considerada uma infração média, passou a ser gravíssima – o valor da autuação subiu 125%, passando de R$ 130,16 (infração média) para R$ 293,47 (gravíssima).
    Nas ruas, a distração com o aparelho celular enquanto caminhamos também pode trazer uma série de consequências, como quedas, atropelamentos e roubos. A desatenção faz com que as pessoas não escutem buzinas, não percebam bicicletas se aproximando e atravessem as ruas sem olhar para os lados. 
   Faça a sua parte! Evite o desvio de atenção enquanto dirige ou caminha e aconselhe amigos e familiares que cometem essa falha.