segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

ATENÇÃO - NÃO COMPRE PRODUTOS SEM CONHECER A PROCEDÊNCIA




         Em razão do aumento dos índices de furto arrombamento, em Santiago, a Brigada Militar traz algumas orientações importantes a comunidade. A principal delas é sobre a compra de produtos sem procedência ou de procedência duvidosa, atitudes comuns, mas que alimentam os crimes de furto, roubo, dentre outros.
        Para tanto, é preciso saber que o Código Penal Brasileiro no seu artigo 180, define como crime o ato de adquirir, receber, transportar, conduzir ou ocultar, em proveito próprio ou alheio, coisa que sabe ser produto de crime, ou influir para que terceiro, de boa-fé, a adquira, receba ou oculte. Conduta esta tipificada como receptação, tem como pena reclusão, de um a quatro anos, e multa. 

         Portanto, se desconfiar da procedência do material, acione a Brigada Militar (190) para que o vendedor seja identificado. Se o objeto for proveniente de crime, que seja devolvido ao seu verdadeiro dono. Desconfie por mais vantajosa que seja a proposta.