quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Operação Viagem Segura do feriado Farroupilha registra 19% de redução nas mortes



        Neste feriadão Farroupilha foi realizada a 63ª. Edição da Operação Viagem Segura. Em cinco dias de ação, as autoridades de trânsito fiscalizaram 48,6 mil veículos e registraram 11,2 mil infrações. Foram retirados das vias 1.185 veículos e recolhidas 285 carteiras nacionais de habilitação. Ainda assim, ocorreram 570 acidentes nas ruas e estradas gaúchas entre a zero hora de sexta-feira (17) e a meia-noite de terça-feira (20), sendo 21 com mortes e 296 com lesões. No período, 401 pessoas foram feridas e 23 perderam a vida. No feriado do ano passado, 17 pessoas foram a óbito em três dias, ou uma média de 5,7 mortes/dia. Comparativamente à média diária de 4,6% neste ano, contabiliza-se uma redução de 18,8%.
      O esforço concentrado de fiscalização incluiu ainda a realização de 2.250 testes de etilômetro. Como resultado, 152 condutores foram impedidos de seguir viagem, por constituírem potencial perigo à circulação. Deste grupo, 63 foram enquadrados em crime de trânsito e conduzidos à delegacia de polícia. “É impossível calcular o dano que teria sido causado por esses condutores, caso continuassem dirigindo”, considera o diretor-geral do Detran/RS, Ildo Szinvelski.
     Os principais parceiros da Operação Viagem Segura são Detran/RS, Brigada Militar e Comando Rodoviário da BM (CRBM), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e órgãos de trânsito municipais. A chamada Megablitz, que ocorre na saída da Capital, mobiliza também os esforços da Polícia Civil e dos agentes da Balada Segura. Colaboram para a operação também ANTT, Cetran/RS, EGR, Famurs, Setcergs, Fecam e Metroplan, além de representantes da sociedade civil organizada, como o Lions Club. 

Fonte: http://www.detran.rs.gov.br/