sexta-feira, 8 de julho de 2016

COM A MANUTENÇÃO PREVENTIVA, MOTOCICLISTAS PODEM EVITAR SUSTOS.


           A prevenção é uma das melhores maneiras de evitar problemas, principalmente quando diz respeito à segurança. No trânsito, os motociclistas precisam se cercar de cuidados para não sofrerem acidentes e avarias inesperadas em suas motocicletas. Por isso, a manutenção preventiva é uma das principais formas de garantir mais tranquilidade durante a pilotagem.
              Além de levar suas motocicletas periodicamente ao mecânico para avaliar se há problemas que precisam ser ajustados, os motociclistas devem estar atentos a possíveis ruídos fora do comum para facilitar a identificação de falhas pelo especialista. Dessa forma, com a revisão constante, o tempo de reparo acaba sendo menor e reduz a chance de o veículo dar defeito inesperadamente.
              O condutor precisa ficar de olho também na lubrificação das correntes e do motor, muitas vezes deixados de lado, sem revisão frequente. No caso das correntes, a cada mil quilômetros rodados os motociclistas devem checar se há folga e verificar no manual do veículo os centímetros tolerados para circular sem sustos.
               A conservação dos freios, faróis e estado dos pneus também merece atenção contínua dos proprietários, já que o último, por exemplo, pode causar dificuldades na pilotagem se as rodas não estiverem infladas corretamente. É importante não ligar a motocicleta sem se certificar de que os faróis estão desligados, poupando a bateria e aumentando sua vida útil.
              Com esses cuidados, é possível ganhar segurança e ainda economizar com gastos inesperados, consequentemente mais caros, na maioria das vezes.

Fonte:http://www.viverseguronotransito.com.br/