terça-feira, 31 de maio de 2016

DICAS PARA AS MULHERES MOTOCICLISTAS. VAIDADE COM SEGURANÇA SOBRE DUAS RODAS!

Crédito: AmitLev (Flickr)


          Com o aumento dos engarrafamentos em diferentes cidades do Brasil, muitas pessoas estão percebendo na motocicleta uma chance de fugir do estresse de permanecer horas parado no trânsito. O público feminino lançou mão dessa alternativa e já representa 26% dos brasileiros com carteira de habilitação especial para o veículo, somando mais de cinco milhões de mulheres motociclistas hoje nas ruas, como aponta o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).
        No entanto, pilotar motos com segurança exige atenção e cuidados específicos, inclusive no quesito vestuário e na escolha dos sapatos. Para não esquecer dos itens importantes, colocando a sua vida em risco, separamos algumas dicas para as mulheres. Confira!
– Salto alto, chinelos e sandálias soltas são um perigo para a sua segurança e, por isso, proibidos pelo Código de Trânsito Brasileiro. O ideal é usar sapatos bem presos aos pés e calcanhares e dar preferências às botas de cano alto, para proteção dos tornozelos e dificuldade para sair do pé em caso de queda.
– Reforçar a sola da bota com borracha ajuda a evitar que o pé escorregue do pedal.
– A jaqueta com proteção nos ombros e cotovelos é fundamental para minimizar os impactos de um possível acidente.
– Os acessórios precisam ser pequenos. Em geral, anéis, brincos e colares grandes podem contribuir para lesões e desconforto do piloto.
– Use proteção específica no pescoço contra linhas de pipa e outros objetos que podem bater nesta parte do corpo e machucar.
– Se for pegar estrada, prefira usar uma calça de cordura, um tecido resistente a abrasões, cortes e rasgos, para diminuir as lesões em caso de acidentes e quedas.
– As luvas são parte importante da proteção, principalmente as fechadas de punho longo, para evitar ferimentos no braço caso a manga da jaqueta suba.

Fontes: Estadão; Guia Prático – G1