quarta-feira, 6 de abril de 2016

ATENÇÃO - A SUA SEGURANÇA E DE SUA FAMÍLIA TAMBÉM DEPENDE DE VOCÊ




Na residência 


* Atender à porta após identificação prévia. 

* Manter a porta da garagem sempre fechada. 

* Não aceitar a entrada de técnicos não solicitados.

* Ao sair ou retornar da residência, observe as proximidades e se constatar a presença de estranhos, não entre.

* À noite, deixe pelo menos uma lâmpada acessa na área de maior risco da residência (utilizar fotocélulas).

* Ao viajar, avise parentes ou vizinhos de confiança, para que esporadicamente verifiquem a residência e façam a coleta de correspondências.

* Oriente familiares e empregados para que não comentem com estranhos sobre os bens que a família possui tanto como seus hábitos.

* Não dê informações por telefone para pessoas desconhecidas.

No banco

* Lembre-se: um alvo fácil é sempre mais procurado;

* Não comente sobre seu salário com pessoas de pouco convívio.

* Evite a conversa com pessoas estranhas dentro ou fora do banco.

* Nos dias de pagamento, adote medidas de segurança mais severas.

* Observe se alguém está seguindo-o.

* Se precisar transportar muito dinheiro, não ande sozinho, peça a companhia de parentes, amigos ou seguranças.


* Evite horários e locais de maior risco.

* Evite realizar saque de grandes quantias.



Em deslocamentos

* Ao notar que está sendo seguido, procure mudar várias vezes o lado da calçada. 

* Não carregue objetos de valor, grandes quantias de dinheiro ou cartões de crédito, se não houver necessidade.

* Evite lugares sem iluminação e com pouco movimento.


Nas escolas

* Trate o seu filho como amigo, demonstrando seu afeto e preocupação pelo seu desenvolvimento.

* Conheça os amigos de seu filho.

* Ensine as crianças a pedir auxilio à polícia (pessoalmente ou por telefone) ou às pessoas conhecidas, quando perceber estranhos em atitudes suspeitas ou que estejam molestando.

* Não aceitar balas, doces, presentes, ou brinquedos de pessoas desconhecidas.

* Oriente seus filhos para não desviarem do trajeto casa-escola-casa, sem prévio acordo.

* Evitar transitar utilizando jóias, tênis ou roupas caras.

* Oriente seus filhos para que se afastem de situações perigosas, tais como: armas, acidentes, aglomerações, discussões, etc.