terça-feira, 1 de dezembro de 2015

SAIBA MAIS SOBRE O PROERD

           
  O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD) é uma iniciativa da Polícia Militar de prevenção para crianças do Ensino Fundamental até o Ensino Médio; os pais também recebem orientações em reuniões e palestras, representando um esforço cooperativo entre Escolas, Pais e Polícia Militar. O PROERD é baseado no Programa Americano chamado D.A.R.E (Drug Abuse Resistance Education).
            
           Hoje ele é desenvolvido em mais de 50 países, e cerca de 40 milhões de crianças por ano têm instrução com policiais PROERD.
            
          No Estado do Rio Grande do Sul o PROERD iniciou no ano de 1998, atualmente conta com mais de 600 Instrutores Policiais Militares voluntários, que foram preparados para desenvolver o trabalho de prevenção nas escolas e também na comunidade envolvendo pais, professores, alunos e comunidade. Esses Policiais Militares atendem alunos das escolas estaduais, municipais e privadas do Estado.
            
          O programa já foi desenvolvido em 451 municípios do RS nestes dezessete anos de existência, mais de 1.000.000 (um milhão) de alunos das Escolas da rede pública e privada do Estado já participaram do PROERD.
          
       Na Cidade de Santiago, desde o ano de 2005, mais de 5.000 alunos já participaram do PROERD, Neste ano a Brigada Militar de Santiago está formando 600 alunos, o que corresponde a 86% dos alunos matriculados no 5º ano do ensino fundamental da rede escolar Santiaguense.

Os objetivos principais do PROERD são noções de cidadania, prevenir ou reduzir o uso de drogas e a violência entre crianças e adolescentes.

A ênfase deste programa está em auxiliar os alunos a reconhecerem as pressões diretas ou indiretas que os influenciarão a experimentar álcool, cigarro, maconha, inalantes, ou outras drogas e a resistirem a elas, bem como àquelas para se engajarem em atividades violentas. 

O Programa oferece estratégias preventivas para reforçar os fatores de proteção, em especial referentes à família, à escola e à comunidade, que favorecem o desenvolvimento da resistência em jovens que poderiam correr o risco de se envolver com drogas e problemas de comportamento. Esta estratégia concentra-se no desenvolvimento da competência social, habilidades de comunicação, autoestima , empatia, tomada de decisões, resolução de conflitos, objetivo de vida e independência, e alternativas ao uso de drogas e outros comportamentos destrutivos.

Os Policiais Militares desenvolvem um trabalho educativo de Prevenção, de forma voluntária, pois além de suas atividades de policiamento, contribuem semanalmente com parte de seu tempo, na busca da construção de um futuro melhor, principalmente, para nossas crianças.