segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

FINAL DE SEMANA TRANQUILO NA REGIÃO

PRINCIPAIS OCORRÊNCIAS ATENDIDAS PELA BRIGADA MILITAR.   

  


            Neste fim de semana foram abordados e fiscalizados, em Santiago, 117 veículos automotores, abordadas e identificadas 146 pessoas. Confeccionados 34 boletins de atendimento, 14 boletins de comunicação de ocorrência policial, 01 termo circunstanciado. Expedidos 10 autos de infração de trânsito e realizadas 03 prisões em flagrante.

Sendo que das principais destacamos as seguintes:

ACIDENTES DE TRÂNSITO


              SEIS acidentes foram registrados pela BM neste final de semana. Um deles às 16h de sexta-feira (11/12) na Rua Sete de Setembro centro. No endereço o condutor de uma motocicleta chocou-se na traseira de um Fiat/Bravo. Com o impacto o motociclista (26 anos) caiu no chão e restou com escoriações pelo corpo.

FURTOS

              CINCO casos foram registrados. Um deles às 20h e 15min de sexta-feira (11/12) quando uma moradora da Rua Dr. Rivota, centro comunicou que seu carro foi arrombado. Ao verificar o barulho ela viu, da sacada de seu apartamento, o momento em que um homem retirava objetos do veículo e fugia a pé. De posse das características uma guarnição começou as buscas, e localizou o suspeito nas proximidades. Aos policiais ele confessou o furto e relatou ter deixado uma bolsa em uma lixeira na Rua Osvaldo Aranha, próximo ao posto da Cotrijuí. A bolsa foi localizada, porém sem os objetos que estavam em seu interior. Diante dos fatos o homem de iniciais C. M. J (19 anos) foi preso e encaminhado a Dppa para providências. Segundo a comunicante, dentro da bolsa havia apenas materiais escolares. Por entendimento da autoridade policial, levando em conta o pequeno valor econômico dos objetos, o jovem foi liberado após registro, já que o fato será apurado através de inquérito policial.

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

              As 21h e 45min de sábado (12/12) quando uma senhora comunicou que foi ofendida e ameaçada pelo seu filho.  Durante a discussão ele investiu contra ela, que para defender-se usou uma mangueira de jardim. Logo após acionou a BM. Aos policiais, ela relatou que em fevereiro/2015 o filho foi afastado do lar por ordem judicial em razão de outras agressões, no entanto o homem prometeu que iria parar de beber, assim ela o aceitou novamente.  O agressor que apresentava escoriações no rosto e nas costas, foi preso e encaminhado a DPPa para providências. A vítima desejou representar criminalmente contra o filho e solicitou mais uma vez as medidas protetivas de urgência.