domingo, 20 de dezembro de 2015

EM SANTIAGO - BM REGISTRA PRIMEIRA APREENSÃO DE LSD NO ANO



              Por volta das 21h e 25min de sexta-feira (18/12) uma guarnição em patrulhamento pela Rua Bento Gonçalves, centro, abordou três jovens que estavam em atitude suspeita. Com um deles de iniciais D. A. J (25 anos) os policiais encontraram sete porções de uma erva com características de maconha. Com o jovem de iniciais F. F. S (25 anos) encontraram três embalagens contendo uma substância com características de LSD, e também a porção de uma erva com características de maconha. Com o terceiro jovem nada foi encontrado. Os dois que estavam em posse das substâncias foram presos e encaminhados a DPPa para providências.

              

               Em tempo: Esta foi a primeira apreensão de LSD (dietilamida do ácido lisérgico) em 2015, que é uma das mais potentes substâncias alucinógenas conhecidas. A dietilamida do ácido lisérgico é sintetizada a partir da cravagem de um fungo do centeio (Claviceps purpurea). 

         Extremamente diluída, apresenta-se normalmente em barras, cápsulas, tiras de gelatina, líquidos, micropontos ou folhas de papel secante (como selos ou autocolantes).

             O LSD pode provocar ilusões, alucinações (auditivas e visuais), grande sensibilidade sensorial (cores mais brilhantes, percepção de sons imperceptíveis), sinestesias, experiências místicas, flashbacks, paranoia, alteração da noção temporal e espacial, confusão, pensamento desordenado, despersonalização, perda do controle emocional, sentimento de bem-estar, experiências de êxtase, euforia alternada com angústia, pânico, ansiedade, dificuldade de concentração, perturbações da memória, psicose por “má viagem” (bad trip).