quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

1º de dezembro - Dia Internacional da Luta contra a AIDS




         1º de dezembro foi instituído em 1988 pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como uma data simbólica de conscientização para todos os povos sobre a pandemia de AIDS. Além disso, a ideia é estimular a reflexão sobre a falsa impressão de que a AIDS afeta apenas o outro, distante da percepção de que todos estamos vulneráveis.

        A data tem o objetivo de conscientizar a população sobre uma das doenças que mais mata no mundo: a AIDS, também tem a função de auxiliar no combate contra o preconceito que os portadores de HIV - vírus humano de imunodeficiência - sofrem na sociedade por causa da doença.

        A sigla AIDS vem do inglês Acquired immunodefiecience syndrome, que em português significa Síndrome da Imunodeficiência Adquirida. O vírus da AIDS (HIV) destrói as células brancas do organismo, responsáveis em proteger e combater doenças no corpo humano. Com a destruição das defesas do organismo, o corpo fica bastante fragilizado e propício a ser atacado por inúmeras doenças, como pneumonias, infecções, herpes e até mesmo alguns tipos de câncer.
         A AIDS pode ser transmitida através do contato de fluidos corporais do infectado, com o sangue de uma pessoa saudável; por meio de relações sexuais sem preservativo (camisinha); transfusões de sangue ou compartilhamento de seringas e agulhas. Atenção: Abraços ou contatos com a pele da pessoa portadora de HIV não transmite a doença!

    A doença não tem cura, mas pode ser tratada com coquetéis anti-aids (antirretrovirais), aumentando a possibilidade de cura, quando mais precocemente for feito o diagnóstico e iniciado tal tratamento, melhorando a qualidade de vida do infectado. Campanha focada na prevenção, combinando camisinha, realização de exame (teste de anti-HIV) e tratamento de portadores do vírus.

Comunicação Social/EMBM
Texto: DS
Publicação: Est. Jéssica Gamarra-PM5