terça-feira, 3 de novembro de 2015

Especialista fala sobre a importância da prevenção no combate ao câncer de próstata


Exames são indispensáveis para o diagnóstico precoce da doença, que não apresenta sintomas em seu estágio inicial


     Membro do Instituto Lado a Lado, o oncologista Ricardo Caponero  reforçou a importância da prevenção contra a doença, que deve ser iniciada entre 45 e 50 anos por meio dos exames anuais de dosagem do PSA e toque retal. Segundo Caponero, apenas esses dois exames bastam para monitorar o surgimento do câncer de próstata, que é assintomático. “A prevenção é pelo diagnóstico precoce”, afirma o médico, explicando que a resistência dos homens em procurar o médico para realizar os exames de rotina é um agravante, pois quanto mais cedo acontecer o diagnóstico, maiores são as chances de cura.  
       Sobre os fatores de risco, o especialista destaca o envelhecimento, uma vez que tanto as chances de desenvolver a doença, como a taxa de mortalidade, aumentam conforme a idade. “É um câncer mais tardio, costuma acontecer depois dos 45 anos a 50 anos”, explica. “A incidência é bastante alta. A estima em dados de autópsia é que aos 80 anos de idade, um em cada quatro homens já tenha câncer de próstata”, explica o médico, ressaltando também que, a cada ano, são descobertos cerca de 68 mil novos casos da doença. 
    No entanto, os cuidados com a saúde não devem ser deixados somente para o momento em que os riscos aumentam. Caponero salienta que os homens deveriam ser mais cuidadosos. “Fazer uma visita anual ao médico, até para fazer acompanhamento, tirar dúvidas, saber que exames devem ser feitos é muito importante”, orienta. 
Doença silenciosa
    O câncer de próstata, no começo, não causa sintomas - é uma doença de evolução lenta, que demora anos para desencadear, segundo Caponero. Quando os sintomas começam a se apresentar, geralmente já está em um estágio bastante avançado, diminuindo drasticamente as chances de cura.  “Temos a chance de achar ele muito tempo antes, se tiver feito os exames de prevenção”, finaliza o médico. 
    Portanto, a realização dos exames anuais de toque e PSA a partir dos 45 para homens que possuam histórico familiar da doença, e dos 50 para os demais casos, é muito importante. Previna-se!

Fonte: http://www.novembroazul.com.br/noticias/cancer-prostata/especialista-fala-sobre-a-importancia-da-prevencao-no-combate-ao-cancer-de-prostata/