sexta-feira, 11 de setembro de 2015

COMANDANTE GERAL DA BM AGRADECE A ATUAÇÃO DO EFETIVO, MESMO EM TEMPOS DE CRISE



     Como Comandante-Geral e cidadão venho agradecer aos valorosos Brigadianos e Brigadianas do Rio Grande do Sul!            

   Todos os dias, todas as semanas, todos os meses é sempre um desafio para nós, policiais militares – Brigadianos e Brigadianas – atender com qualidade as demandas da sociedade.  Não é uma tarefa simples. As ações de polícia ostensiva são extremamente complexas e fundamentalmente importantes para a população e,  por mais que façamos, que estejamos presentes, que prendamos, enfim, sempre recai no policial militar a maior cobrança: todos querem ver, querem se sentir seguros com a nossa presença.

   O mês de Setembro ainda se reveste de uma peculiaridade especial que é o parcelamento dos salários que se somou a uma desgastante mas igualmente estimulante missão de proteção à sociedade . Este fato acrescentou a todos nós um novo desafio dentro da nossa tão atribulada rotina de demandas e cobranças.

    Mas é aí que venho a público agradecer a todos vocês, Brigadianas e Brigadianos. Apesar de tudo isso,  a Brigada, vocês Brigadianos e Brigadianas valorizaram seus juramentos, valorizaram o nosso lema “A Força da Comunidade” e essa comunidade deve, ou deveria, reconhecer esse esforço diário, ininterrupto, dedicado e profissional de todos vocês.

   Neste mês tivemos mais uma edição da Expointer, coberta de sucessos - vendas, arrecadação, público estimado de 500 mil pessoas e, principalmente, segurança pública propiciada por vocês, Brigadianas e Brigadianos.  Tivemos desfiles e um feriadão da Independência que transcorreu dentro da normalidade, mesmo com sol e calor em pleno Setembro – praias, serra e rodovias estaduais com intenso movimento. Foram vários eventos – campeonato brasileiro de futebol, campeonatos estaduais e municipais de futebol, feiras, shows, enfim, vários e diversificados tipos de atividades onde tudo aconteceu graças a sempre presença de vocês,  Brigadianas Brigadianos.

   Os bancos não fecharam, os ônibus não pararam de circular, não houve solução de continuidade em nenhuma atividade, porque vocês, Brigadianas e Brigadianos, ofereceram a  devida segurança a todos. É certo que a Capital teve alguns problemas  (incêndio nos ônibus no Morro Santa Tereza e a bala perdida que matou o comerciante no Menino Deus) mas vocês, Brigadianas e Brigadianos, estavam lá, trabalhando, rapidamente se organizando em ações coordenadas de polícia ostensiva, mesmo que alguns tenham sido feridos à bala, outros estavam cansados da noite anterior, preocupados com suas famílias, mas estavam lá. Vocês representaram e muito bem a Instituição. Os fatos estão sendo apurados mas, chamo a atenção da população gaúcha, os Brigadianos e as Brigadianas, nossos heróis de carne e osso, não se furtaram de atender as ocorrências, de perseguir criminosos, de fazer o combate aos meliantes. Por isso reafirmo que vocês, Brigadianos e Brigadianas, são muito corajosos e muito valorosos para a comunidade.

       Em nenhum momento o 190  deixou ser demandando nem de ser atendido.

      Esse tempo fará parte da história da Brigada Militar, história que nenhum de nós pode esquecer  nem permitir que  esqueçam. Somos valorosos, somos Policiais Militares.

    Encerro lembrando a minha mensagem anterior que fala da necessária e oportuna tolerância, cautela no agir e no falar neste período. Principalmente, durante essa crise pela qual passa nosso Estado. Ela vai passar, mas nós, Brigadianos e Brigadianas, estaremos ainda aqui prestando com muito suor o nosso trabalho.  Não podemos sair feridos dessa crise,  pois nós, e somente nós, é que sempre teremos a certeza do nosso valor e da nossa missão!

ALFEU FREITAS MOREIRA - Coronel QOEM
Comandante-Geral da Brigada Militar