quarta-feira, 10 de junho de 2015

ENVENENAMENTO DE ANIMAIS - No Brasil, são registradas cerca de 200 mortes de crianças causadas pelo chumbinho por ano.


   No Brasil, uma portaria de 1980 proíbe produtos contendo estricnina, que figura na lista da Anvisa de substâncias proscritas no país. No entanto, há locais que comercializam o veneno ilegalmente.


   O chumbinho ou veneno 1080 é um dos venenos mais conhecidos pelo público, à base de estricnina. Muito utilizado no combate aos ratos, o monofluoracetato de sódio é considerado o mais perigoso do mundo porque não tem cor, cheiro ou sabor; é altamente solúvel em água e facilmente absorvido pela pele. Não há nenhum antídoto conhecido e uma colher de chá do veneno pode matar até 100 pessoas adultas.
   A morte provocada pelo 1080 é difícil de determinar já que os sintomas se parecem com aqueles de um ataque cardíaco. Os sintomas aparecem cerca de 30 minutos após a exposição ao produto e a morte pode acontecer entre duas e sete horas. Vale ressaltar que o chumbinho pode ter várias composições, além das citadas acima, de acordo com a região do país em que é encontrado.
    O chumbinho não mata apenas o animal envenenado, mas também os outros que estiverem dentro da sua cadeia alimentar. No Brasil, são registradas cerca de 200 mortes de crianças causadas pelo chumbinho por ano.
     O envenenamento de animais está previsto na Lei de Crimes Ambientais (Lei Federal 9.605, de 13/02/98). O artigo 32 da lei diz que é considerado crime ambiental “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos”. A pena prevista é detenção de três meses a um ano e multa.

    Você suspeita que seu animal foi intoxicado devido a ingestão de qualquer tipo de veneno? Os sintomas são típicos e caso você tenha receio que isso tenha ocorrido com o seu cão ou gato de estimação, saiba sobre os principais sintomas aqui e o que você pode fazer. 

Sintomas do envenenamento em cachorros e gatos

      Logo após a ingestão ou mesmo o contato com o produto venenoso, alguns dos sintomas aparecem imediatamente

     Não importa o tipo de produto tóxico ingerido pelo cão ou gato, os sintomas começam no sistema nervoso central e levam aos demais sintomas. A intensidade desses sinais depende da quantidade ingerida.
Gatos podem demonstrar os sintomas de forma mais sutil que os cães, e o proprietário demora a perceber. A razão disso é que os gatos, muitas  vezes, ingerem quantidades menores do veneno. De forma geral, os sintomas mais comuns nas intoxicações por raticidas entre os cães e gatos são:
  • apatia: não responde a estímulos e há mudança brusca do comportamento normal;
  • salivação excessiva, misturada ou não com ;
  • podem ocorrer fortes tremores musculares ou fraqueza: o animal não consegue ficar em pé;
  • pode ocorrer sangue na urina;
  • o animal não come e nem e bebe água.

O que fazer com um cão ou gato que ingeriu raticida?

Saber o que fazer pode fazer a diferença entre a vida e a morte de um animal!


      Essa regra vale para qualquer tipo de envenenamento: seja por ingestão acidental de chocolate, medicamentos de uso humano, como a aspirina, substâncias de uso não legalizado, como a maconha, ou mesmo plantas e flores tóxicas comuns em jardins!
        Para tratamento, tentativas de recuperação e alívio dos sintomas, podem ser necessárias a realização de alguns procedimentos pelo médico veterinário: lavagens gástricas, uso de carvão ativado, que auxilia na eliminação do veneno no trato digestivo, aplicação de antídotos e demais procedimentos relacionados.
        Cães e gatos que sobrevivem às intoxicações correm o risco de ficar com sequelas dependendo da substância ingeridatiques nervosos e convulsões esporádicas podem ser consequências da ingestão de raticidas.

Envenenamentos de gatos e cachorros por raticidas: um caso à parte e infelizmente uma realidade

    Uso irresponsável de raticidas é crime! A venda de muitos destes compostos ocorre de forma ilegal

      Muitos dos venenos raticidas são de uso ilegal. À base de anticoagulantes como a warfarina,  são perigosos, letais, e causam hemorragias internas. Alguns produtos são tão perigosos que o comércio desse tipo de substância é ilegal. O “chumbinho” é um desses compostos à base de pesticidas ainda utilizados como agrotóxicos em lavouras, como estricnina, arsênico e carbamato. 
   Dedetização e controle de pragas é trabalho para profissionais especializados na área. Se você não tem conhecimento sobre o assunto e enfrenta problemas com infestações, procure um profissional para ajudá-lo.





 Renata Sanita Ardito, médica veterinária do CPNA /SP