quarta-feira, 13 de maio de 2015

DICA DO DIA - Como agir durante um assalto


Criado por Zaira, Sabrina L. Furtado, ROBERTA CABRAL.
www.wikihow.com
       Definitivamente é algo que você não deseja presenciar, mas também é algo real e que pode acontecer a qualquer um de nós, principalmente quando se anda regularmente em locais como bancos, lojas, supermercados e demais estabelecimentos que tenham circulação de dinheiro e que possam parecer um atrativo para ladrões.

     Enquanto as pessoas internas são geralmente treinadas para saber reagir de forma apropriada em situações como estas, você pode não saber muito bem como se portar nestas situações, nas quais o seu comportamento pode acabar lhe colocando em um risco ainda maior, a menos que você esteja certo do que está fazendo. Neste artigo, você aprenderá algumas dicas sobre como manter a calma durante uma situação dessas, de modo que possa passar por ela com o menor risco possível.

  • Aware around you Step 1.jpg

    Esteja ciente do que se passa ao seu redor.
     Sempre que estiver um local que possa ser um alvo para roubos e assaltos, como um banco ou uma mercearia, esteja atento. Se você notar atividades suspeitas, não chegue perto delas. Sair e reportar o ocorrido para funcionários do estabelecimento pode ser uma atitude segura. Tentar se manter fora de qualquer situação estranha é o primeiro passo para se manter seguro
    .
  • Cooperate Step 2.jpg

    Coopere.
     Antes de mais nada, deixe claro aos ladrões que você está disposto a cooperar. Este não é o momento para bancar o herói. Deixe claro que você está colaborando e atendendo aos pedidos deles e não volte a se comunicar com mais ninguém. Cooperar irá ajudá-lo a se manter calmo pois as suas chances de sair seguro e salvo da situação serão aumentadas por não irritar os ladrões.
    • Lembre-se de que o incidente acabará logo se você fizer tudo o que lhe pedirem
      .
  • Stay calm Step 3 1.jpg

    Concentre-se em ficar calmo.
     Se você sentir que o pânico está começando a tomar conta de você, é importante que você tente contê-lo, mantendo a calma e continuando a se portar de forma positiva. Sinais de pânico incluem o pulso acelerado, tonturas, suor, dormência de mãos e pés. Esses sintomas podem progredir ocasionando uma dificuldade para respirar que pode durar por várias horas. Como você pode ver, os sintomas do pânico podem acabar lhe colocando em um risco ainda maior, pois o seu corpo começa a agir de forma independente de sua mente e raciocínio. Se sentir que o pânico está começando a tomar conta de você, tente o seguinte:
    • Tente reduzir a velocidade de sua respiração. Concentre-se em inspirar de forma mais profunda e lenta.
    • Relaxe todos os seus músculos. Faça isto tentando enrijecer todos os músculos por alguns segundos e em seguida deixando-os relaxar. Você pode fazer isto discretamente, seja em pé, sentado ou deitado.
    • Volte a se concentrar em sua respiração
      .
  • Listen Step 4.jpg

    Ouça tudo com muita atenção.
     Além de conseguir informações úteis e importantes sobre a situação, tentar ouvir tudo com atenção também lhe ajudará a manter a calma, visto que você estará se ocupando em escutar bem o que se passa e entender o que os ladrões pensam em fazer. Além disso, tente prestar atenção no movimento dos ladrões, se isso não for lhe colocar em uma situação de risco ainda maior, já que a leitura corporal e facial poderão lhe ajudar a descobrir o que eles pretendem fazer em seguida
    .
  • Expect Swearing Step 5.jpg

    Espere por gritos, xingamentos ou outros comportamentos agressivos neste tipo de situação.
     Se você estiver preparado para este tipo de comportamento volátil, assustador ou insano por parte dos ladrões, ao menos você estará prevenido. Dessa forma, você poderá concentrar-se em como se manter a salvo como, por exemplo, buscando uma porta de saída ou apenas se mantendo fora de perigo (e despercebido).
    • Evite movimentos bruscos. Geralmente, os ladrões estão tão nervosos quanto você e qualquer coisa poderá deixá-los irritados ou confusos. Se você, por algum motivo, precisar se mover ou alterar sua posição, deixe isso claro aos ladrões, de forma que seu movimento não lhes surpreenda.
  • Esteja focado em manter a calma e procurar ajuda após o roubo. Não apenas ligue para a polícia logo que estiver em segurança, mas também exponha o ocorrido para alguém que possa lhe escutar e entender a situação, seja um terapeuta, colegas de trabalho ou familiares. Se você se focou em manter a calma durante todo o assalto, é provável que suas emoções e sentimentos apenas tenham sido retardadas. Consequentemente, eles poderão surgir depois de forma confusa e/ou exagerada, portanto, não deixe de buscar ajuda ou conselhos de alguém neste momento de medo ou trauma.
    • Após o incidente, mantenha-se calmo e tente lembrar e anotar, todos os detalhes que puder sobre a situação e os ladrões. Você poderá esquecer aspectos importantes do ocorrido com o passar das horas, isto é um comportamento esperado do cérebro que vai tentando se recuperar de um trauma ou má recordação, portanto, não espere se lembrar de todos os detalhes conforme o tempo vai passando.