quinta-feira, 2 de abril de 2015

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER - SANTIAGO OCUPA SEXTO LUGAR NO RANKING ESTADUAL


      Esta é uma triste realidade encontrada, quase que diariamente, em Santiago. O site retratodaviolencia.org traz, apesar de alguns dados imprecisos, o ranking dos municípios com altos índices de violência contra a mulher no RS. Segundo a pesquisa, Santiago ocuparia a 6º colocação. Em 1º lugar estaria a cidade de Soledade.

      Os dados apresentados pelos pesquisadores, assemelham-se aos computados pela BM todos os meses. Mensalmente, em média, a BM atende em Santiago,  entre 20 e 30 casos de violência contra a mulher. Na sua maioria, praticados por companheiros/ex, filhos, dentro da residência. Da mesma forma, o uso e abuso de drogas, em especial o álcool, figura como o motivador das atitudes agressivas.

     Muitas políticas públicas para proteção da mulher tem sido implementadas, todavia nem sempre alcançam o objetivo esperado. A melhor forma ainda é comunicar as autoridades policiais e o judiciário dos fatos ocorridos. Por isso toda mulher vítima de violência doméstica, deve procurar a BM ou uma delegacia da Polícia Civil, para comunicar o fato. O registro será levado ao judiciário para que as medidas cabíveis sejam tomadas. Sem a comunicação formal, torna-se praticamente impossível, que os órgãos de segurança pública adotem as providências previstas em lei.

       Na dúvida, busque orientação. Em Santiago, além das polícias, existe um Centro de referência da mulher. Procure ajuda. Sem vergonha, sem medo. Unidos venceremos este problema.